quinta-feira, setembro 23, 2004

PUBLICIDADE WORTEN

Deus é amor. O amor é cego. Steve Wonder é cego. Então Steve Wonder é Deus. Disseram-me que eu sou ninguém. Ninguém é perfeito. Logo, eu sou perfeito. Mas só Deus é perfeito. Portanto, eu sou Deus. Se Steve Wonder é Deus, eu sou Steve Wonder!!! C’um camandro, sou cego!!!

Sem comentários: