quinta-feira, dezembro 23, 2004

MAI NADA
Em relação a esse assunto, não digo nem que sim, nem que não, muito antes pelo contrário, porque em matéria de principalmente, não há nada como certas coisas.

Sem comentários: