quarta-feira, junho 15, 2005

LEITURAS
Nunca li uma obra de Marshall Ghysseth. Talvez porque ele nunca escreveu nada. Aliás, ele nunca existiu

Sem comentários: