terça-feira, abril 11, 2006

No outro dia assisti a uma conversa deveras interessante.
Imaginem uma típica conversa de café, em que uma se queixava à outra do seu chefe:«Vê lá se pode ser... Então não é que o gajo me chamou à atenção, porque a carta que redigi estava com erros ortográficos! Não há paciência!! Mas não me calei! Não senhora! Também lhe respondi na hora: Errar é humano! Queres ver que uma pessoa agora já não pode errar?».
Estranhamente, a amiga, em vez de lhe dar com a mesa nos cornos, concordou .

Sem comentários: