segunda-feira, dezembro 22, 2003

FESTAS
Neste época, tão especial, existem tantos programas de natal que eu pensei que mais um não faria mal e, disse de mim para eu próprio: " Há o natal dos hospitais, também já há o natal das prisões, porque não fazer um programa para as pessoas que, tal como nos hospitais e nas prisões, se encontram, algumas num estado vegetativo, do qual não conseguem sair, outras encontram-se permanentemente imobilizadas. e outros ainda que são uns completos inuteis, nos quais o estado gasta rios de dinheiro, e outros até, que cometeram um grande número de crimes, por isso aqui fica a sugestão : Televisões, para quando um Natal no Parlamento?"

Sem comentários: