terça-feira, dezembro 23, 2003

MULHERES
Como foi uma mulher que teve Jesus, e por causa disso é que comemoramos o natal, hoje vou falar de mulheres. Desde o início dos tempos, as mulheres sempre foram tidas como seres inferiores, que vieram ao mundo exclusivamente para servir os homens, prover e cuidar da sua descendência. A história tem-nos mostrado factos indiscutíveis onde fica sempre caracterizada a submissão das mulheres. Há bem poucos anos atrás, às mulheres era vedado o direito de saber ler e escrever, de participar em qualquer manifestação social e até de escolher o próprio marido, com quem iria dividir o mesmo tecto, a mesma cama até o fim de seus dias.
Depois de tanto tempo de opressão, podemos dizer que, finalmente, elas libertaram-se dessas pesadas correntes e conquistaram os mesmos direitos do homem ( direitos esses adquiridos através da Declaração Universal dos Direitos da Mulher, que foi aprovada, por unanimidade, na XIXI Convenção Internacional de Discussão dos Direitos das Mulheres, dos Animais e outros Seres Inferiores, realizada no Carnaval deste ano, em Genebra, na Suiça.)
Hoje, quase domesticadas, já podem andar soltas por aí, sozinhas ou em bandos, a estudar, a trabalhar, a conduzir camiões, a jogar futebol, a beber cerveja, a falar mal do sexo oposto e, até já vão à tropa! Pelas minhas contas, as duas únicas coisas que ainda não são permitidas às mulheres é: rezar missa e coçar os tomates!

Sem comentários: